Telma

Mulheres de São Paulo

A Prefeitura presente na sua vida.

Conheça a Camila

Capa
Conheça a Camila
Texto

Conheça a contadora Camila, que viu seu negócio prosperar e ganhar agilidade com o Empreenda Fácil

A paulistana Camila Giacomazzi, de 39 anos, cresceu vendo “a admiração, respeito e confiança” que as pessoas tinham pelo pai contador. “Ele ajudava e aconselhava muito os clientes, e eu quis seguir o mesmo caminho”. Começou a trabalhar cedo na área, formou-se contadora e passou anos trabalhando com auditoria contábil. Mas, com a morte do pai, em 2009, Camila assumiu o escritório da família.

“Aqui no escritório nós fazemos a abertura de novas empresas. Registramos nos órgãos competentes e cuidamos de todos os trâmites necessários para que estejam aptas a funcionar”, explica. Por muito anos, isso significava lidar com uma pesada carga burocrática, que tornava os serviços lentos e atrapalhava tanto os novos empresários como a desenvoltura de desempenho dos escritórios de contabilidade.

Foi nesse processo de abertura das empresas que acabou conhecendo o Empreenda Fácil, lançado há pouco menos de dois anos. “Atualmente, é o sistema utilizado para registro das novas empresas junto a Prefeitura”, explica. “Ele simplificou e desburocratizou o processo de registro, além de ter tornado mais ágil a obtenção da inscrição municipal”.

O Empreenda Fácil permite o licenciamento de empresas de baixo risco em até cinco dias, reduzindo a burocracia para a abertura de novos empreendimentos em São Paulo. O processo anterior levava mais de 100 dias e exigia a peregrinação entre órgãos municipais, estaduais e federais, agora reunidos em uma mesma plataforma.

“Como o processo se tornou menos burocrático, os custos também diminuíram.  Custos com cópias autenticadas e deslocamento de um funcionário até a prefeitura, por exemplo. Esses custos reduziram bastante”, ressalta Camila.

 “Somos um escritório pequeno”, diz ela. Por isso, o impacto da redução do custo e agilidade de entrega tem ainda mais repercussões na operação. E contribui para que Camila siga a jornada que escolheu “Eu hoje posso seguir os passos do meu pai, posso empregar seis pessoas - quase todas mulheres... Existem escritórios muito maiores. Mas, para mim, é isso que importa”.